União reconhece emergência de Rio Branco pelas enxurradas de fevereiro deste ano

  • 24/05/2024
(Foto: Reprodução)
Rio Branco enfrentou segunda maior enchente da história em 2024. Outras quatro cidades brasileiras tiveram decretos reconhecidos. Rio Branco enfrentou segunda maior enchente de sua história Quésia Melo/Rede Amazônica O decreto de situação de emergência de Rio Branco por conta das enxurradas de fevereiro deste ano foi reconhecido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. A portaria nº 1.815 foi publicada no diário oficial da União desta sexta-feira (24). 👉🏼Contexto: Rio Branco enfrentou a segunda maior enchente de sua história em 2024, desde que a medição começou a ser feita em 1971. O nível do Rio Acre chegou a 17,89 metros no dia 6 de março. A enchente durou entre o final de fevereiro e o começo de março. No mesmo período, outras 18 cidades do Acre também enfrentaram cheias históricas e algumas, como Brasiléia e Jordão, chegaram a decretar calamidade pública. Mais de 100 mil pessoas foram afetadas em todo o estado. Leia mais Da seca extrema à cheia histórica: entenda os fatores climáticos que fazem o Acre viver nova emergência Governo decreta alerta por conta das chuvas no AC e dois municípios estão em situação de emergência Sobe para 19 nº de cidades em emergência por causa da cheia de rios e igarapés no Acre O documento reconhecido pelo governo federal agora foi assinado pela Prefeitura de Rio Branco no dia 26 de fevereiro. Na ocasião, a administração municipal declarou 'situação anormal' por conta das enxurradas que provocaram um aumento repentino nos níveis dos igarapés. Na mesma época, o governo do estado também já havia decretado emergência em 17 cidades, incluindo a capital. Esse decreto já havia sido reconhecido na ocasião pela União. De acordo com o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, responsável pela Defesa Civil Nacional, com o reconhecimento do decreto, as cidades que estão em situação de emergência podem solicitar recursos para compra de cestas básicas e água potável. Além de Rio Branco, outras quatro cidades brasileiras também tiveram seus decretos de emergência por causa de enxurradas e enchentes reconhecidos: Bom Jesus e Lagoa Vermelha no Rio Grande do Sul, Praia Grande em Santa Catarina e Venha-Ver no Rio Grande do Norte. Já as cidades gaúchas de Itaara e Alvorada foram reconhecidas pelo status de calamidade pública. Mais de 100 mil pessoas foram afetados pelas enchentes em todo o estado Júnior Andrade/Rede Amazônica Vídeos:g1

FONTE: https://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2024/05/24/uniao-reconhece-emergencia-de-rio-branco-pelas-enxurradas-de-fevereiro-deste-ano.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes