Suspeito pela morte de homem com sinais de tortura no AC é preso no interior do PA

  • 11/04/2024
(Foto: Reprodução)
Crime ocorreu em 2021, quando Paulo César Tavares da Silva , de 51 anos, morreu com dois tiros na cabeça em um ramal de Cruzeiro do Sul. Outro suspeito segue foragido. Caso é investigado como latrocínio, segundo o delegado Adam Ximenes. Paulo César Tavares da Silva, de 51 anos, foi morto na noite de 2 de setembro de 2021 Arquivo pessoal O suspeito pela morte de Paulo César Tavares da Silva, de 51 anos, em setembro de 2021, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, foi preso nessa quarta-feira (10) no município de Redenção, no interior do estado do Pará. Leia mais Homem é achado amarrado e morto com sinais de tortura em ramal no interior do Acre A prisão foi feita por agentes da Polícia Civil paraense, que localizaram o suspeito um dia após a polícia acreana informar da possibilidade dele estar em uma fazenda no município. Segundo o delegado Adam Ximenes, o suspeito deve ser transferido a Cruzeiro do Sul para responder ao processo. O delegado relembra ainda que dois suspeitos entraram na casa da vítima com o objetivo de roubar uma espingarda e uma motosserra, e assassinaram Silva após ele ter identificado um dos criminosos. “Pelo menos dois indivíduos praticaram esse crime de roubo seguido de morte, adentraram na residência desse cidadão, amarraram pelas pernas, amordaçaram para que não gritasse, com o intuito de subtrair uma espingarda e uma motosserra. No meio dessa subtração, desse roubo, eles verificaram que a vítima tinha identificado um dos indivíduos que estavam encapuzados. E eles resolveram executá-lo em sua residência. A Polícia Militar foi ao local e encontrou um arame colocado para que quem fosse de moto, fosse derrubado. Isso demonstra a periculosidade deles”, relata Ximenes. Suspeito foi localizado na cidade de Redenção, no interior do Pará Divulgação Silva foi achado morto com sinais de tortura no Ramal do Escondido, zona rural de Cruzeiro do Sul. Familiares encontraram o homem, que era deficiente físico, amarrado dentro de casa na noite do dia 2 de setembro daquele ano. O então comandante da PM no município à época, coronel Evandro Bezerra, confirmou que a vítima foi achada amarrada e com dois tiros na cabeça, com características de execução. Além do suspeito preso pela polícia paraense, o delegado ressalta que outro continua foragido. Trata-se de Vanderley Medeiros de Melo, conhecido como Derley, que tem 23 anos. A polícia pede que quem tiver informações sobre a localização de Melo, vá até a delegacia do município ou entre em contato por meio do telefone (68) 99983-2673. “Já disponibilizei a fotografia desse indivíduo, que agora tem 23 anos, e tem um decreto de prisão preventiva contra ele por este crime de latrocínio. Eu forneço o disk-denúncia que você pode informar e a gente guarda o sigilo da fonte, podem vir com informações anônimas para localizar este indivíduo que participou deste crime brutal”, acrescenta Ximenes. Polícia tenta localizar outro suspeito pelo crime e pede ajuda à população Divulgação Reveja os telejornais do Acre

FONTE: https://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2024/04/11/suspeito-pela-morte-de-homem-com-sinais-de-tortura-no-ac-e-preso-no-interior-do-pa.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes