Festival de cinema itinerante vai reunir produções com temática indígena e oficinas em cidades do Acre

  • 02/04/2024
(Foto: Reprodução)
Evento contará com participação de cineastas de todo o país e filme dirigido por irmão de ministra e o ator Leonardo Dicaprio. O objetivo principal, porém, segundo a organização é dar visibilidade ao cinema com enfoque nos povos originários no estado. Wewito Piyãko é cineasta e curador do FestCine Originários Arquivo pessoal Um festival itinerante com objetivo de dar visibilidade ao cinema com enfoque nos povos originários no estado do Acre. Assim pode ser definido o FestCine Originários, que ocorre entre os dias 6 e 20 de abril, nos municípios de Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima. O evento foi idealizado pelo produtor cultural Moisés Alencastro, que atua no setor há mais de 25 anos, e será lançado neste sábado (6), na Aldeia Ipiranga, na Terra Indígena Puyanawa, em Mâncio Lima. Serão 12 filmes entre curtas, médias e longa-metragens, entre eles “Somos Guardiões”, do diretor maranhense Edivan Guajajara, irmão da ministra dos Povos Indígenas Sônia Guajajara. A obra foi produzida pelo ator Leonardo Dicaprio. Além de Guajajara, participarão de rodas de conversa os cineastas José Kaeté e Francisco Hyjnõ Krahô. Já os curadores são os cineastas Wewito Piyâko, Sérgio de Carvalho e a produtora audiovisual Rose Farias “Eu tenho um festival LGBTQIA+, e surgiu essa oportunidade de mostrar outros produtos, as pratas da casa, o audiovisual dos nossos indígenas. Temos cineastas famosos, mas a gente vê que aqui mesmo eles são pouco reconhecidos. Então, assim, o motivo mesmo é mostrar os nossos talentos”, diz Alencastro. Idealizador do projeto, Moisés Alencastro ressalta que o objetivo é dar visibilidade à produção com enfoque na temática indígena Arquivo pessoal Primeiro festival itinerante com essa abordagem, o FestCine Originários é financiado através da Lei Paulo Gustavo, dará o pontapé inicial no mês de visibilidade da luta dos povos indígenas, marcado principalmente pelo dia 19 de abril. Além das produções que serão exibidas e de rodas de conversa após as exibições, o festival também vai contar com uma oficina para 15 participantes de um coletivo de cinema indígena de Cruzeiro do Sul. “Tem uma roda de conversa após o filme, para falar da trajetória dele como cineasta até chegar onde está, que ele tem várias outras produções. Ele vai dar uma oficina de comunicação para um coletivo de jovens indígenas lá do Juruá. É um coletivo com trinta e dois jovens, mas vão participar quinze jovens dessa oficina”, acrescenta. Outros destaques do festival é o filme “A Flor do Buriti”, que foi premiado no Festival de Cannes em 2023, e “A Invenção do Outro”, premiado como melhor documentário no San Diego Latin Film Festival de 2024. “O festival é uma celebração da vida, da arte e da conexão entre todos os seres vivos neste planeta que chamamos de lar”, finaliza Alencastro. Edivan Guajajara dirigiu "Somos Guardiões", que conta com produção de Leonardo Dicaprio Reprodução VÍDEOS: g1

FONTE: https://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2024/04/02/festival-de-cinema-itinerante-vai-reunir-producoes-com-tematica-indigena-e-oficinas-em-cidades-do-acre.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes